SOBRE AS LIGAÇÕES DA SME RELACIONADAS À REPOSIÇÃO

O SEPE foi informado que a SME está ligando para as escolas para perguntar se estariam dispostas a fazer a reposição da greve por conteúdos.

A reposição sempre é negociada após o movimento de greve, entre SME, SEPE e base da categoria, e não foi diferente da data base desse ano, cuja reposição vem acontecendo. Já as greves ocorridas no segundo semestre por conta do parcelamento e atraso do salário ainda não tiveram o movimento suspenso devido à Prefeitura não regularizar a situação do pagamento. Além disso, a subsecretaria Daniela Pereira recusou-se a discutir reposição na mesa de audiência, com o argumento de que a greve foi suspensa mas não acabou, e em “respeito ao SEPE” (palavras dela) não negociaria nesse momento. Portanto, não houve qualquer discussão sobre reposição, uma vez que a categoria se encontra em estado de greve, podendo retornar a ela na próxima assembleia, inclusive.

Logo, o SEPE orienta que as escolas não negociem individualmente a reposição, sem que antes isso seja debatido entre a categoria e SME, sobretudo porque essa consulta tem sido feita de forma informal (telefonema) e não de forma oficial.

Duque de Caxias, 02 de dezembro de 2016.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe um comentário