Tags: dia municipal de luta pela educação

Carta sobre o Dia Municipal de Luta pela Educação

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO DE DUQUE DE CAXIAS SOBRE O DIA MUNICIPAL DE LUTA PELA EDUCAÇÃO

 

A educação é uma importante ferramenta para o avanço de uma sociedade. Através dela, as experiências e conhecimentos são partilhados entre gerações e o pensamento crítico – a liberdade de pensar e opinar sobre os mais diferentes temas – é estimulado. A educação é, portanto, importante instrumento para a cidadania plena de um povo.

Por seu poder transformador, a educação durante séculos foi inacessível ao povo. Apenas os poderosos tinham direito a ela. A ignorância da maioria era um eficaz mecanismo de controle da população. Afinal, povo que ignora seus direitos não os cobra nem luta por eles.


Após séculos de luta, as sociedades coletivamente entenderam que a educação pública para todos, respeitando as diferenças de raça/etnia, religião, política, gênero e condição social, era o melhor caminho para o desenvolvimento coletivo. Para os poderosos, entretanto, a educação para todos era uma ameaça terrível. Povo educado não é facilmente domado: questiona, propõe, luta por direitos. Para os donos do poder ao longo dos séculos, esse papel da educação a transforma em sua inimiga. Por isso, não raro esses poderosos querem enfraquecê-la e mesmo destruí-la.


Mas esse ataque precisa ser disfarçado. Afinal, o povo entende o importante papel da escola em suas vidas. Que fazem os políticos covardes, que querem que o povo viva em ignorância? Disfarçam o ataque. Dizem que a educação custa muito: assim atrasam a entrega de material, descuidam da merenda, não cuidam dos prédios das escolas. Tudo para que o ambiente escolar não seja atraente.

 

Mais covardemente, atacam os professores. A liberdade de pensamento – base da educação questionadora – é chamada de “doutrinação”. Querem transformar professores em inimigos. Atrasam seus salários. Retiram seus direitos. Abandonam os aposentados, que dedicaram anos à educação de várias gerações.

 

Em Duque de Caxias temos todo esse cenário trágico. Mas os profissionais da educação e a população não aceitam esse ataque à escola. Por isso, neste 06 de novembro, Dia Municipal de Luta pela Educação, várias escolas estão de portas abertas, oferecendo à população palestras, debates e outras atividades sobre diversos temas, celebrando, assim, o espaço da escola como lugar da produção do conhecimento e do debate democrático.

 

Os ataques às escolas e a seus profissionais, ativos e aposentados, por parte do atual prefeito, têm como nossa resposta, neste dia, nossa resistência. Ensinando a mais cara das lições – a de que o povo é dono de seus destinos, e que os governantes que querem sua ignorância sempre são relegados à lata do lixo da história.

 

JUNTE-SE À LUTA EM DEFESA DA EDUCAÇÃO! DEFENDER NOSSAS ESCOLAS É DEFENDER NOSSO FUTURO! CONTRA OS ATAQUES À EDUCAÇÃO E A SEUS PROFISSIONAIS POR PARTE DO PREFEITO E DOS VEREADORES DE DUQUE DE CAXIAS!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Dia Municipal de Luta pela Educação

 

Conforme aprovado em Assembleia, no dia 06 de Novembro os Profissionais da Educação de Duque de Caxias realizarão uma nova forma de luta, que se soma às ações tradicionais: O Dia Municipal de Luta pela Educação.

A ideia é manter o maior número de escolas com portas abertas para a comunidade em uma parte de seu horário de funcionamento, realizando atividades educativas (como palestras, mesas redondas, exibição e discussão de filmes, etc) apresentando ao maior número das 173 comunidades atendidas pela rede temas afetos à importância da educação para a garantia dos direitos da população, bem como alertando para o descaso dos políticos.

Realizando tais atividades em um dia normal de aula, em turno a ser definido pela escola, a ideia é ajudar na apropriação da escola pela comunidade, mostrando que a luta da educação é a luta do povo.

É inovador, ainda, o fato desse dia empoderar as escolas como protagonistas da ação. Haverá palestras externas em algumas escolas, mas o desejo é de que o máximo possível de escolas usem esse momento para dar voz a excelentes trabalhos sobre diversos temas produzidos por seus profissionais. A unidade define ainda o horário e o turno de participação. O GT definido na assembleia produzirá, com o apoio do sindicato (dependendo de sua possibilidade) material divulgação, bem como carta aberta a ser divulgada a toda população, por toda a rede nesse dia – esse é o desejo.

Ainda dá tempo de se juntar a luta. Contacte um dos membros do GT (a direção do Fórum está representada nele por Ana Carolina) e participe.

Vamos fortalecer mais esse instrumento de luta: o diálogo direto com a população!

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0