Propostas aprovadas na assembleia da Rede Municipal (10/03/2016)

IMG_3564

  • CALENDÁRIO: 14/03, 15/03 e 16/03 – reafirmar o estado de greve;
  • 16/03 – PARALISAÇÃO DE 24 HORAS; Conselho de Representantes – 8h UERJ Caxias; Assembleia Geral 13h – UERJ/FEBF Caxias (a confirmar)
  • Retorno dos estimuladores materno-infantil para as turmas de 4 e 5 anos.
  • Plenária da educação Infantil como primeira atividade de greve.
  • Que a SME garanta a liberação da professor/professor para irem as reuniões de responsáveis de seus filhos, garantido o dia letivo dos alunos.
  • Que a devolutiva para a SME seja pautada nos acúmulos construídos pelo movimento, a exemplo as nota emitida pela ANPED e Jornal do Sepe.
  • Garantir a acessibilidades nas escolas e CIEPs da rede municipal.
  • Moção de repudio a forma truculenta e desrespeitosa no tratamento com os professores de informática pelo Advogado Ramirez.
  • Que a gratificação mínima do vice-diretor seja uma aula extra.
  • Garantir a manutenção periódica das escolas municipais.
  • Reuniões com os professores de informática que tiveram seus processos indeferidos.
  • Campanha Escolas no MP: Cada escola elaborar um dossiê sobre as condições estruturais e dar entrado no MP.
  • Campanha com faixa “Essa escola funciona sem”: as escolas enviarão ao sindicato a sua listagem para a confecção das faixas.
  • Campanha “O Alexandre abandonou a minha escola” (site).
  • Que as atividades da categoria comecem às 08h ou 13h.
  • Material para os responsáveis no site do Sepe.
  • Plenária da Educação especial 22 março às 13h no Sepe.
  • Plenária com os diretores eleitos.
  • Debate com os candidatos a prefeitura de Duque de Caxias.
  • Oficio circular às direções solicitando um dossiê da situação das escolas com imagem e relatos.
  • Grupo de análise dos números da PMDC.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Um comentário


  1. Thamyres

    Infelizmente nenhuma proposta sobre outras convocações. É um descaso por parte da prefeitura convocar novamente somente P2. O concurso teve vários cargos, com certeza a carência é maior do que aquelas vagas no edital. Fora que é óbvio que muitas pessoas chamadas nas primeiras convocações não tomaram posse. Não há transparência por parte da SME. Esse contingente que não tomou posse deveria ser transformado em outras convocações. Fui aluna e estagiaria da rede e sei que há muitas dobras e contratos. Novos concursados deveriam ser convocados. Admiro a luta do Sepe Caxias, creio que em breve farei parte deste grupo.
    Att,
    Thamyres Costa.

Deixe um comentário