Como o fascismo pode evoluir no Brasil e até mesmo em Caxias .

 

 Nos últimos tempos se fala muito em fascismo no Brasil e nossa preocupação com esse texto é explicar alguns conceitos e emitir modestamente nossa opinião do que entendemos como crescimento de um pensamento fascista no nosso país. Peguemos inicialmente a definição da Wikipédia para entender os princípios básicos do fascismo.

 Fascismo é uma forma de radicalismo político autoritário nacionalista que ganhou destaque no início do século XX na Europa. Os fascistas procuravam unificar sua nação através de um Estado totalitário que promove a vigilância, um estado forte, a mobilização em massa da comunidade nacional, confiando em um partido de vanguarda para iniciar uma revolução e organizar a nação em princípios fascistas hostis a todas as vertentes socialistas, desde o comunismo totalitário ao socialismo democrático.

Os movimentos fascistas compartilham certas características comuns, incluindo a veneração ao Estado, devoção a um líder forte e uma ênfase em ultranacionalismoetnocentrismo e militarismo.   O fascismo vê a violência política, a guerra, e o imperialismo como meios para alcançar o rejuvenescimento nacional e afirma que as nações e raças consideradas superiores devem obter espaço deslocando ou eliminando aquelas consideradas fracas ou inferiores, como no caso da prática fascista modelada pelo nazismo. Outra característica do fascismo é proposta de resolver questões sociais com a força da opressão estatal , sem debate algum e o estado pode resolver a pobreza.

O fascismo tem o objetivo de atacar o  conflito de classes e para isso dá foco em esconder com as divisões de classes dentro da nação. Defende  uma economia mista, com o objetivo principal de conseguir autarquia para garantir a autossuficiência, e a independência nacional através de protecionismo e políticas econômicas que intercalam intervencionismo e privatização. O fascismo sustenta o que é, às vezes, chamado de Terceira posição entre o capitalismo e o socialismo.

Os primeiros movimentos fascistas surgiram na Itália, nos anos da  Primeira Guerra Mundial,  em oposição ao socialismo, à democracia liberal e, em alguns casos, ao conservadorismo tradicional.

Há indícios de fascismo em toda parte do Brasil .

O movimento verde e amarelo que ” tomou as ruas do Brasil ” tem muito de autoritário que é uma das marcas desse pensamento e outras demarcações ideológicas podem ser vistas , o apelo ao militarismo ,  o  nacionalismo extremado são indicativos fortes , mas o mais perigoso são os exemplos de agressões a pessoas que apenas vestiam a cor vermelha.  Transeuntes apanhando por usar uma cor ! O cidadão pode botar a roupa que quiser num pais livre e a menos que aquelas manifestações fossem um para raio para malucos, acredita se que há uma influencia forte do fascismo nesse movimento. Uma sugestão que nós damos é que pesquisem a vida e obra de Plínio salgado , ele foi o criador do movimento fascista de nome Integralismo, que tinha  admiração de pessoas importantes no governo da década de   30, o próprio  Getúlio Vargas demostrou simpatia . É verdade que  muita gente doida apareceu nesse caldo cultural de extrema direita . Tem  até gente que acreditava que o Brasil pode mudar  para melhor se Dilma sair e entrar o Temer e o Cunha ,  mas a maioria que estava nesses atos era de gente que perdeu um milimetro  das regalias com as pequenas mudanças sociais . Esse movimento é organizado por pessoas e grupos que estão enfurecidos por não serem eles a estar roubando nos altos postos e ninguém quis saber que a crise econômica também é mundial e a apologia a ditadura militar tem sobressaído como um dos governo mais honestos . Vale tudo para se chegar ao poder nesse sistema de pensamento.

Há indícios de fascismo em Duque de Caxias .

Sim, podemos ver situações dadas ideologicamente como fascistas no Brasil, a intenção de se resolver problemas sociais com o aparelho repressor tem sido bastante evidente. A violência politica é muito usada nesse modelo . Vejam no caso da greve da Educação de Duque de Caxias.   Por muita vezes foram chamadas a Policia Militar e a Guarda Municipal numa tentativa criminalização aos que reclamavam de condições de trabalho. Inclusive a Guarda, sob ordens do Alexandre Cardoso, agiu mais violentamente que a própria PM no trato com os grevistas.   Como dissemos acima o fascismo vê a violência política, como um dos meios para alcançar os seus objetivos  isso vai crescer porque a expansão da extrema direita é mundial . Nenhum governo antes do atual tratou greve como caso de segurança. E olhem que tivemos prefeitos extremante autoritários e muito complicados politicamente. É sintomático! Por mais autoritário que um governante seja, ele só vai tomar certas atitudes dentro de um contexto. Todos os outros respeitaram ao dialogo que é parte importante da democracia, mas hoje estamos sofrendo ataques à democracia por todos os lados.

 

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe um comentário